Vivifica-nos na Palavra e na Oração


palavra-oracaoRecomendo-lhes, irmãos, por nosso Senhor Jesus Cristo e pelo amor do Espírito Santo, que se unam a mim em minha luta, orando a Deus em meu favor. Rm.15.30

Vivifica-nos! Esse é clamor da nossa igreja por uma ação da parte de Deus, através da pessoa do Espírito Santo, de renovação e vitalidade espirituais na experiência do povo de Deus. Duas das marcas do avivamento é o interesse direto pela leitura da Bíblia e a oração, inclusive de intercessão.

Para falarmos da leitura da Bíblia, temos o Salmo 119 que se refere, quase que exclusivamente, à importância da Palavra de Deus para a vida do cristão. Um poema acróstico com 8 sinônimos que se referem à Palavra de Deus: lei, testemunhos, preceitos, estatutos, mandamentos, juízos, palavra e ordenanças.

Já a oração de intercessão é uma luta. Quando oramos por alguém estamos entrando na sua guerra. Como cristãos, precisamos orar uns pelos outros. Primeiro, para sairmos do nosso próprio mundo e vencermos o egoísmo. E segundo, porque, conforme lemos em Tiago, “a oração de um justo é poderosa e eficaz” (Tiago 5.16).

Deus ouve as nossas orações. A oração de intercessão tem se tornado uma prática esquecida e negligenciada em nossos dias. Geralmente quando oramos, pensamos em nós mesmos, nos nossos problemas, desejos e ambições.

Precisamos urgentemente de homens e mulheres que tenham a disposição para se colocar na “brecha em favor desta terra” para vigiar e velar pela família, pelos irmãos, pela cidade…

Que Deus nos ajude a dobrar os joelhos e erguer nossas mãos em favor do outro. Que Ele nos ajude a abrir os nossos olhos em leitura de sua Palavra.

Você já orou hoje? Em favor de quem? Você já leu a Bíblia hoje?

Por um avivamento genuíno,

Pr. Jhonatan Rodrigues (adaptado)