Santificando Cristo como Senhor



5 – Série: CQC, custe o que custar!

Título: Santificando Cristo como Senhor.

Texto Bíblico: 1 Pe.3.1-22

Introdução:

Pedro lista uma série de motivações e incentivos à vida cristã para aqueles que estão dispersos, sob perseguição e vivendo como peregrinos nas regiões da Ásia Menor. Para Ele “ao invés de temer as ameaças dos perseguidores, o cristão deverá entronizar Jesus como Senhor, Aquele que tem autoridade, dando-lhe o comando sobre seu coração”.

Frase de transição: Como santificar Cristo como Senhor em minha vida cristã.

Desenvolvimento:

O primeiro grupo a quem Pedro dirige a ordem de santificar Cristo é formado por Mulheres cristãs casadas. Para estas, especificamente, o modo é colocando a esperança em Deus. É interessante ressaltar que “a vida pode ser um conto de fadas se você quebrar o silêncio. Nenhuma mulher está imune à violência doméstica.” Para Pedro, a esperança da mulher não deve estar em nenhum outro lugar, a não ser em Deus. O segundo grupo é o dos Homens cristãos casados. Para estes, não interrompendo as orações. O homem cristão casado deve tratar sua mulher com honra, ele deve ser “o cara que pega você pelo braço, esbarra em quem for que interrompa seus passos. Está do seu lado pro que der e vier, o herói esperado por toda mulher.” Antes mesmo de Roberto Carlos, ser “o cara” era algo motivado por Pedro, caso contrário as orações seriam interrompidas. O terceiro grupo é formado por Todos os cristãos que estão lembrando para que foram chamados. Diante disso, “todos os cristãos deverão mostrar compaixão e humildade para com os outros. Geralmente a boa conduta de nossa parte resultará em bom tratamento por outros, mas ocasionalmente sofreremos por amor à justiça”. É interessante ressaltar que no princípio Deus era, de várias formas e maneiras, santificado no coração do ser humano, mas veio a Queda, com ela a morte e estando nós mortos em nossos delitos e pecados somos incapazes de cumprir este mandamento ou fazer qualquer outra coisa para santificar Cristo em nossos corações. Para isso veio Jesus, enviado através do amor de Deus a nós, morreu numa cruz, ressuscitou e nos chama a santificá-lo em nossos corações. Através de Jesus, as mulheres podem colocar sua esperança em Deus, os homens podem conduzir suas orações sem interrupções e todos nós somos capazes de lembrar para que fomos chamados.

Conclusão:

Pedro deixa claro que Jesus é o modelo de conduta de como santificar a Cristo em seu coração para qualquer grupo que você esteja inserido e independentemente do mau momento que esteja vivendo, afinal “o sofrimento não precisa significar derrota ou reprovação divina”. Portanto a ordem é clara: santifiquem Cristo como Senhor em seu coração. Seja você mulher cristã casada, homem cristão casado ou em qualquer estado civil, mas sendo você um cristão, santifique Cristo, lembre-se que você foi chamado para isso!

Reflexão:

Como você pode santificar Cristo em seu coração?

O que você tem feito que não condiz com o que você foi chamado?

Qual atitude prática você pode tomar hoje que mostrará Cristo santificado em você?

 

29/11/2015 – Jhonatan Oliveira Rodrigues

prjhon@terceiraigreja.com