Santificando Cristo como Senhor



7 – Série: CQC, custe o que custar!

Título: Santificando Cristo como Senhor.

“Não tem vídeo e nem áudio.”

Texto Bíblico: 1 Pe.5.1-14

Introdução: Pedro chega ao final de sua primeira cara se dirigindo à igreja. Após dar uma palavra geral aos dispersos, lembra-los de seus deveres civis, ele deixa claro como deve ser as relações na igreja, o Corpo de Cristo. Como lhe é habitual nessa carta, ele separa os grupos e fala a cada um deles de forma específica. Nesse momento, ele usa dois grandes grupos, os presbíteros e os jovens sendo seu interesse trazer vida saudável aos membros do Corpo de Cristo.

Frase de transição: Como viver, de forma saudável, no Corpo de Cristo.

Desenvolvimento:

Aos presbíteros (vs. 1-4), Pedro apresenta suas credencias. Ele está realmente apto a falar para este grupo composto pela liderança da igreja pelos mais velhos de casa, independentemente de serem líderes. A estes a ordem é: “pastoreiem o rebanho de Deus que está aos seus cuidados”. É importante ressaltar que Pedro deixa claro como este pastoreio deveria acontecer. Ele deve ser de livre vontade, com desejo de servir e sendo exemplo. Lembrando que, os presbíteros não o deve fazer por obrigação, ganância ou como dominadores. Para motiva-los Pedro diz “quando se manifestar o Supremo Pastor, vocês receberão a imperecível coroa da glória.” O outro grande grupo é formado pelos jovens (vs.5-9). A estes a ordem é: “sujeitem-se aos mais velhos”. A partir da ordem principal, Pedro orienta aos jovens para que sejam humildes, uma vez que Deus os exaltará; lancem sobre Deus a ansiedade, afinal Ele tem cuidado; mas vivam em alerta e vigilância, pois o Diabo procura quem possa devorar. Para terminar sua carta, Pedro apresenta Silvano, um irmão fiel; menciona a igreja de Roma, a eleita que está na Babilônia e fala sobre Marcos, um filho para ele. Após as saudações e palavras finais, Pedro termina como começou, desejando paz aos que estão em Cristo!

Conclusão

Em uma igreja que vive para o louvor, glória e honra de Jesus Cristo e os membros do corpo estão interessados em viver de forma saudável, os mais velhos cuidam dos interesses de Deus; os mais jovens cuidam dos relacionamentos e todos permanecem firmes em paz. Nem sempre a vida no corpo é saudável. Às vezes as toxinas, os anticorpos e os maus hábitos trazem morte ao corpo ao invés de vida, mas Jesus, o dono do Corpo, veio para que esse tenha vida e vida em abundância!

Reflexão:

Em qual grupo você se encaixa dentro do corpo de Cristo?

Como você pode contribuir para que o Corpo de Cristo viva de forma saudável?

Quais resultados mostram que você está vivendo de forma saudável no Corpo de Cristo?

 

13/12/2015 – Jhonatan Oliveira Rodrigues

prjhon@terceiraigreja.com