Reconciliados – A mensagem de Efésios


“A Epístola aos Efésios é de uma beleza incomparável em sua relação vital entre teologia e vida cristã. Paulo ao escrevê-la, inspirado por Deus, trata de assuntos que permeiam o propósito eterno de Deus o qual é pleno de sabedoria, bondade, justiça e amor.

Possivelmente, em Efésios, entre todas as epístolas paulinas, tenhamos de forma mais contundente a simbiose entre doutrina e vida cristã; conhecimento de Deus e prática de vida. Ela é um sublime e majestoso tratado teológico-devocional.

John Stott inicia o seu Comentário dizendo que “A carta aos Efésios é um resumo, muito bem elaborado, das boas novas do cristianismo e de suas implicações. Ninguém pode lê-la sem ser compelido a adorar a Deus e a ser desafiado a melhorar a sua vida cristã. Nesta epístola temos uma relação direta entre a doutrina, o culto e a vida. De fato, a dissociação entre esses três elementos, sempre que ocorre conduz-nos a uma atrofia espiritual que prejudica todo o corpo.

João Calvino (1509-1564) resume: “O genuíno propósito da doutrina é adequar nossa união a fim de desenvolvermos o varão perfeito, à medida da plena maturidade (Ef 4.14)”. O Deus glorioso, os Seus feitos redentores e as implicações destas realidades na vida da igreja se constituem no grande tema de Efésios: ela é essencialmente teológica.

A Pessoa do Deus Bendito (Ef 1.3) perpassa todos os versos da Epístola conduzindo-nos à gratidão por Deus ter-nos, por graça, propiciado conhecê-Lo em Seus atos abençoadores. A sublimidade de Efésios está no Seu conteúdo e este, alimenta e fortalece a nossa fé.” *

O certo é que conteúdo de Efésios faz parte desse tesouro que temos em vasos de barro. Que Deus nos abençoe nesses próximos domingos em que meditaremos no texto dessa carta.

Reconciliado,

Pr. Jhonatan Rodrigues
*Rev. Hermisten Maia