Por uma nova rotina (Isaías 55)


rotinaNosso acampamento girou em torno do tema “rotina”. Todos nós temos uma rotina e, como cristãos, precisamos desenvolver nossa rotina em Jesus Cristo, centro dos nossos hábitos, costumes e práticas diárias. O profeta Isaías oferece algumas atribuições de uma rotina relevante para o cristão.

A primeira atribuição é ser uma rotina a partir da aliança (v.3).  Isaías começa com o desafio de deixar para trás as atividades mundanas e compartilhar as espirituais, disponíveis abundantemente e sem preço. Ele apresenta metáforas repletas de imperativos aos exilados que são conclamados a voltar à terra natal e serem restaurados ao encontrarem pão, água, vinho e leite, símbolos de refrigério, renovo, abundância, prazer e nutrição, itens que encontramos somente a partir da aliança que o Senhor tem com seu povo.

A rotina do povo de Deus aponta para o perdão (v.7). O Senhor nos ordena que o busquemos sem demora com uma restauração completa e integral. O perdão e a misericórdia do Senhor caminham juntos com o arrependimento do homem, que significa abandonar os pensamentos e atos malignos em troca de pensamentos e caminhos do Senhor que são mais altos do que os dos homens mundanos e são incompreensíveis para eles.

Precisamos também de uma rotina para o Senhor (v.13). O profeta descreve a rotina natural da chuva e do crescimento da plantação. Podemos perceber que as palavras do Senhor serão todas cumpridas, assim como Ele deseja. O profeta compara a chuva com as revelações divinas; ambas realizando seus bons intentos sobre a Terra. Bem como a chuva não retorna aos céus, mas resulta numa colheita produtiva, a palavra do Senhor não voltará para Ele vazia, mas realizará o bem que Ele deseja e tudo isso apontará em renome para o Senhor.

Esperando vida pra vida,

Pr. Jhonatan Rodrigues