O peixe e o cristianismo


“Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus, e todo aquele que ama o Pai ama também ao que dele foi gerado.” 1 João 5.1

Estamos, nesses dias, tendo contato com alguns símbolos da fé cristã, uma vez que o Natal é uma data rica em símbolos. Vimos, na semana passada, as ilustrações com a cruz e com as letras do alfabeto grego, alfa e ômega. Hoje, quero compartilhar com você o uso do peixe.

Para começar, é importante saber que as letras que formam a palavra “peixe” em grego, quando escritas em maiúsculas (ΙΧΘΥΣ), passou a formar um acrônimo com as iniciais para a expressão “Iēsous Christos Theou Yios Sōtēr“, que signifi ca “Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador”.

peixe_mosaicoUma curiosidade é que o desenho do peixe, em dois arcos, era usado na comunicação dos cristãos: um cristão marcava um lugar com uma meia lua para baixo, se o outro também fosse cristão, marcava a meia lua para cima, formando algo parecido com um peixe.

Outro uso é que o desenho simplifi cado em arcos também era feito nas portas das casas e até em catacumbas. O símbolo completo é o desenho do peixe com o acrônimo, explicado acima, no centro.

Com isso, o peixe veio a se tornar um dos primeiros símbolos cristãos. Que esse simbolismo continue sendo uma marca em nosso meio. Que essa declaração de fé, “Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador”, seja real em nossas vidas.

Que Cristo, o Messias, o Ungido, Jesus, o Filho de Deus, revele a identidade, a essência e a missão dEle em sua vida! Feliz Ano Novo!

Pr. Jhonatan Rodrigues