Jesus Cristo, o Senhor da Criação


deus_criadorAfirmar que Jesus Cristo é Senhor, é dizer que nos submetemos e obedecermos a Ele. É reconhecer o domínio dele sobre tudo e todos, além de fazer tudo o que Ele manda. É interessante observar que independente de nós ou de quem quer que seja, Jesus é o Senhor e o Senhor da Criação, afinal a grandeza da criação está na grandeza do Criador.

Paulo fala aos Colossenses (Cl.1.15-17) de Jesus, o Filho amado, do qual é o Reino. Ele afirma que Jesus é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação. Com isso, ele deixa claro que Jesus é o Eterno Deus que se fez carne. Jesus é Deus, sendo visível, Ele é a imagem, ou seja, o próprio Deus invisível.

É importante lembrar que “primogênito” é usado várias vezes, na Bíblia, para mostrar uma posição de honra ou privilégio que alguém recebeu. Sendo assim, primogênito não quer dizer, nesses casos, o primeiro que passou a existir, mas a posição de honra que ocupam, no caso de Jesus, Ele é o primogênito de toda a criação, ou seja, o Senhor.

Portanto, Jesus não é criatura, Ele é o Criador. Ele estava na criação criando, com Deus Pai, todas as coisas. Ele é o Eterno Deus que se fez carne e habitou entre nós. Em Gênesis 1, Deus se descreve no plural, isto quer dizer que Jesus teve um papel ativo na criação, afinal todas as coisas foram criadas por Ele e para Ele.

Jesus também é o mantenedor da Criação, Ele sustenta todas as coisas com sua palavra poderosa. Jesus é eterno (antes) e superior (nele as coisas existem). Ele é o originador da Criação, aquele que iniciou a criação, que tem autoridade sobre ela como um governador e Senhor.

Feliz Páscoa,

Pr. Jhonatan Robrigues