Família, vida pra vida!


prayer“Vida pra vida!”, essa é a nova série de pregações baseada em 2 Co.4.8 e 9 em que Paulo relata as situações da vida às quais estamos sujeitos como pessoas, famílias e cristãos.

Hoje, estudaremos o que Deus tem a nos dizer diante do desânimo iminente frente às pressões de uma necessidade ou por um desejo intenso não realizado. Faremos isto acompanhando a correta reação de Jó diante de suas pressões, afinal de todos os lados somos pressionadas, porém não desanimados.

A primeira pressão enfrentada por Jó e que se parece com a que também enfrentamos são as circunstâncias. Isso aparece logo no primeiro capítulo quando Jó recebe a notícia da morte de seus empregados, animais e filhos. O certo é que nem sempre “tá tranquilo, tá favorável”.

A segunda pressão é das pessoas mais próximas deixando claro que nem sempre “a voz do povo é a voz de Deus. No capítulo dois e na maior parte do livro, vemos Jó sendo pressionado por sua esposa e seus amigos. A terceira, é a pressão interna, causada pela própria mente e coração quando Jó entre em conflitos consigo mesmo mostrando que nem sempre “o importante é que emoções eu vivi”.

Jó relata uma grande experiência no final do livro quando diz ao Senhor: “Sei que podes fazer todas as coisas; nenhum dos teus planos pode ser frustrado. Meus ouvidos já tinham ouvido a teu respeito, mas agora os meus olhos te viram. Por isso menosprezo a mim mesmo e me arrependo no pó e na cinza.”

Portanto, não desanimamos quando sabemos o que Deus faz em meio às circunstâncias, reconhecemos a presença de Deus em meio às vozes e percebemos que o que fazer de mais importante. Que Deus nos ajude quando formos pressionados!

Esperando vida pra vida!

Pr. Jhonatan Rodrigues