CQC, Jesus Cristo é a Pedra que vive 1Pe 2.1-10


CQC - Custe o que CustarO tema “pedra” é recorrente nas Escrituras, entre outros, Davi chama um lugar de “Pedra de Escape” (1 Sm.23.28) e o próprio Pedro apresenta Jesus como a pedra que foi rejeitada e se tornou angular (At.4.11). Pedra também é poético, a exemplo, Carlos Drummond. É um corpo duro, sólido e que, em geral, serve para construção. Tem a ver com firmeza, solidez, maturidade, capacidade para resistir às pressões, dificuldades, tempestades e possibilidade de ser reunida a outras formando as mais diversas construções.

Diante disso, Pedro apresenta algumas lições através de Jesus, a Pedra que vive. Uma delas é que Ele deseja que cresçamos em firmeza e maturidade. Crescimento que começa com o abandono de pecado. Ele nos exorta a deixar maldade, engano, hipocrisia, inveja e toda maledicência e desejar de coração, como crianças recém-nascidas, o leite espiritual puro – a Palavra de Deus.

Outra lição é que Jesus é o exemplo de firmeza e maturidade. Ele decidiu, firmemente, realizar a vontade de Deus e isso lhe custou muito! Ele foi rejeitado, perseguido, traído, morto e sepultado, mas com maturidade não pecou e se tornou a Pedra que vive, eleita e preciosa que ressuscitou ao terceiro dia e colocou, debaixo dos seus pés, todos os inimigos.

Por último, Jesus deseja que estejamos ligados a outras pedras. Uma pedra sozinha não faz igreja, edifício de Deus, casa espiritual. Uma pedra precisa da outra para se completar sendo capaz de exercer plenamente o propósito divino. Deus nos congregou para que, como pedras vivas, custe o que custar, possamos ser geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus para anunciar Suas grandezas.

Que possamos, custe o que custar, seguir e viver as lições de Jesus, a pedra que vive.

CQC, Pr. Filipe Frossard